NOSSO BLOG

Como resolver uma emergência odontológica?

Dores agudas e repentinas, quebra de dentes, cortes nos lábios e sangramento nas gengivas. Todas essas situações podem ser uma emergência odontológica. 

Mas o que fazer se precisar de um atendimento emergencial?

É muito comum atender pacientes em regime de urgência e emergência odontológica, Apesar disso, as pessoas ainda se perguntam se realmente existe um serviço de pronto atendimento? Se precisa resolver o problema no mesmo dia? Se é possível identificar o que é uma emergência?

Qual é a diferença entre emergência e urgência odontológica?

A principal diferença entre a emergência e a urgência é que a primeira apresenta uma ameaça imediata para o bem-estar e saúde de um paciente, enquanto a segunda é uma ameaça em um futuro próximo, que poderá se tornar uma emergência se não for tratada.

Sendo assim, é considerada emergência odontológica todas: situação de dor, desconforto e sofrimento na cavidade oral. Incluindo dores nos dentes, gengivas, bochechas, ossos da região e na língua, ou seja, tudo que exige tratamento imediato. Geralmente, o paciente precisa de atendimento rápido para aliviar incômodos ou diminuir lesões nas estruturas da boca.

Entre as emergências mais comuns, as principais:

  • dentes frouxos ou perda de dentes com violência;
  • fraturas na mandíbula;
  • dor de dente intensa e de início súbito;
  • dores na gengiva;
  • objetos/alimentos presos nos dentes;
  • abscessos dentários;

Já visitou o dentista este ano? Se não, procure a Sorrix mais próxima e agende já a sua avaliação.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram