NOSSO BLOG

COMA BEM e mantenha os DENTES SAUDÁVEIS

Saudade de uma festa junina, né? Não seja por isso! Prepare os docinhos e as comidas gostosas que a festa vai ser para lá de boa, sô! Porém, pensando no seu bem-estar e sua saúde, preparamos este blog para que você possa comer bastante gostosuras, mas ainda manter seus dentes bonitos!

Muitas vezes negligenciada, a saúde bucal é um assunto sério e que precisa de vários cuidados para evitar doenças. Ninguém quer passar por aquela visita de emergência ao dentista ou ter aquela dor insistente no dente, certo? Primeiro, vamos entender a importância de cuidar da saúde bucal. Se uma pessoa não cuida da boca, algumas doenças podem se desenvolver, como:

  • Placa bacteriana;
  • Cárie dentária;
  • Cálculo dentário;
  • Gengivite;
  • Periodontite;
  • Lesões bucais;
  • Câncer de boca.

Além dessas condições bucais citadas, segundo o Ministério da Saúde, estudos comprovam que a saúde bucal tem íntima relação com a saúde geral, pois a boca interage com todas as estruturas do corpo. As más condições de higiene bucal podem levar a complicações e agravamentos de doenças cardiovasculares e diabetes.

Inclusive, segundo o Conselho Federal de Odontologia, a boa higiene bucal pode prevenir complicações da COVID-19. O conselho afirma que a boa higienização da boca pode evitar, principalmente, problemas pulmonares que tornam o vírus ainda mais perigoso.

Portanto, para evitar essas doenças, uma boa higiene bucal é essencial. Escovar e limpar os dentes diariamente remove a placa bacteriana, que é uma fina película de bactéria que se acumula nos dentes. Se a placa não for removida, ela continua a se acumular, alimentando-se dos pedaços de comida deixados para trás e causando doenças bucais.

Como cuidar dos dentes?

Todos aprendemos a escovar os dentes quando pequenos. Mas nem sempre seguimos os melhores hábitos de higiene bucal. Algumas pequenas mudanças em sua rotina diária podem fazer uma grande diferença em longo prazo. Confira!

1. Faça uma boa escovação dos dentes diariamente

O ideal é escovar os dentes ao menos três vezes ao dia com creme dental com flúor: ao acordar, após almoçar e antes de dormir. Segundo a American Dental Association, é recomendado escovar os dentes por cerca de dois minutos fazendo pequenos movimentos circulares e suaves. Mas não se esqueça de prestar atenção no momento da escovação. Pois, se fizer outra coisa enquanto escova, provavelmente, não limpará bem os dentes.

Comece pelas superfícies externas dos dentes e depois vá para as superfícies externas de baixo. Repita isso para as superfícies internas. Depois, escove as superfícies de mastigação dos dentes superiores e inferiores. Faça a escovação até a linha da gengiva e dentes posteriores, áreas difíceis de alcançar.

2. Não se esqueça da língua

Essa dúvida é muito comum, mas sim, é importante escovar a língua também. Isso porque ela acumula restos alimentares e bactérias que provocam o mau hálito. Faça movimentos cuidadosos com a escova “varrendo” a língua da parte interna até a ponta.

3. Escolha uma escova de dentes adequada

O que você leva em conta na hora de escolher uma nova escova de dente? Para a maioria dos adultos, uma boa escova de dentes deve ser de cerdas macias ou médias. Assim sendo, as duras, geralmente, são para casos específicos como de uso de próteses dentárias. Além disso, o ideal é que a escova tenha cabeça de pequena a média para alcançar todas as partes da boca. Em caso de dúvida, pergunte ao seu dentista o que ele indica para o seu caso.

4. Troque a escova a cada 3 meses

Escovas de dentes gastas não conseguem limpar os dentes corretamente e podem danificar o esmalte dos dentes e as gengivas. Segundo a Oral Health Foundation, é importante trocar sua escova de dentes a cada dois ou três meses, ou antes, se os filamentos se desgastarem. Quando as cerdas se espalham, elas não limpam adequadamente.

5. Use fio dental diariamente

A limpeza entre os dentes remove a placa bacteriana e pedaços de comida em áreas que a escova de dentes não consegue alcançar. Portanto, utilize aproximadamente 40 centímetros de fio e mantenha um padrão regular ao passar o fio para lembrar de não perder nenhum dente. Não se esqueça da parte de trás dos últimos dentes. Ajuda se olhar no espelho.

6. Faça check-ups dentários regulares

O dentista pode remover qualquer acúmulo de resíduos em seus dentes e tratar doenças que já tenham surgido antes de mais complicações. Por exemplo, se você não limpa bem seus dentes e acaba acumulando placa nos dentes, ela pode endurecer e formar tártaro, que só pode ser removido pelo dentista.

7. Cuidado com alguns alimentos

Alimentos e bebidas que contêm açúcar e amido desgastam a camada de esmalte do dente, aumentando a chance de desenvolver cáries. Do mesmo modo, alimentos moles e pegajosos também devem ser evitados, pois tendem a ficar presos entre os dentes, produzindo mais placa bacteriana. Nesse sentido, é bom consumir alimentos fibrosos, como algumas verduras e frutas, que ajudam a limpar os dentes e as gengivas.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram