NOSSO BLOG

QUAL A DIFERENÇA ENTRE GENGIVITE E PERIODONTITE?

Já falamos sobre a gengivite em alguns posts anteriores, mas agora vamos falar da diferença entre essas duas doenças e explicar melhor sobre elas.

Embora sejam problemas similares, a gengivite é a fase inicial da doença e ainda pode ser tratada, enquanto a periodontite é um estágio mais avançado e pode causar danos irreversíveis à saúde da sua boca.

Dito isso, vamos explicar melhor sobre essa doença que atinge tantas pessoas por pequenos erros que nós fazemos e, às vezes, nem percebemos.

QUAL A DIFERENÇA?

Ambas atingem a gengiva, inicialmente, mas existem diferenças entre elas.

A gengivite é a fase inicial do problema, quando as placas bacterianas se concentram no dente. Aqui o dano pode ser revertido, já que a estrutura dos dentes ainda não foi afetada.

Já a periodontite é a fase mais avançada da gengivite. Aqui, a inflamação ataca o periodonto, ou seja, os tecidos, as fibras e os ossos que sustentam os dentes, provocando reabsorção óssea, retração da gengiva, mobilidade dentária e, em casos mais graves, até mesmo a perda do dente afetado.

QUAIS AS CARACTERÍSTICAS DAS DOENÇAS?

A fase inicial se dá pelo inchaço, vermelhidão e sensibilidade das gengivas, além de sangrarem facilmente quando passam o fio dental ou escovam os dentes.

Na periodontite, a inflamação progride e cria condições favoráveis para o aparecimento de uma bolsa periodontal. Esta bolsa se forma ao redor da gengiva, armazena bactérias e detritos. Favorece a contaminação, afasta a gengiva dos dentes e promove o desenvolvimento de tártaro. Aqui também há o sangramento, mau hálito, mobilidade dentária e retração da gengiva, fazendo parecer que os dentes são maiores.

QUAIS AS CAUSAS?

Tudo começa com o acúmulo das placas bacterianas ao redor dos dentes e apresentam características incolores e pegajosas. Se não for removida diariamente, sendo por escovação diária, uso do fio dental e limpezas regulares feitas por um profissional, elas podem evoluir e afetar a gengiva.

Ademais, o uso do cigarro pode ser associado a causa, além de baixa produção de saliva, presença de cáries, má oclusão e até mesmo alterações hormonais.

Quando o problema não é tratado, ele passa a afetar todo o suporte dentário, causando a periodontite. Isso significa que as causas desta doença também estão relacionadas com as da gengivite, especialmente limpeza inadequada, sem regularidade e poucas idas ao dentista.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram