NOSSO BLOG

Por que os dentes ficam amarelos? Como evitar?

O amarelamento dos dentes acontece naturalmente com o passar do tempo, mas alguns hábitos ou tendências podem fazer com que o sorriso vá deixando de ser branco mais cedo. Para aqueles que têm muito apreço pela saúde bucal, e pela estética dentária, este pode ser um verdadeiro pesadelo! Mas a coloração amarela não é apenas comprometedora para o seu sorriso, ela pode ser um alerta para alguns problemas bucais.

Adotando alguns cuidados desde cedo, é possível retardar esse amarelamento natural, e manter os dentes brancos e saudáveis por mais tempo. Em casos em que os dentes já estão amarelados, para reverter a situação é necessário um clareamento dentário.

Entretanto, antes de escolher qual clareamento fazer (lembrando que esta é uma escolha que deve ser feita pelo profissional) é necessário entender o que está causando o amarelamento dos dentes, para que seja feito o melhor tratamento, e que depois de branco, você não retome hábitos antigos e prejudiciais.

Por que os dentes amarelam?

Existem diversas causas para o amarelamento dos dentes. Vamos citar algumas ao longo do texto, mas é legal entender como e onde exatamente acontece esta mudança de coloração. A cor dos nossos dentes é determinada pela dentina, que fica bem abaixo do esmalte no dente. Como o esmalte é transparente, ele acaba refletindo a cor da dentina, que pode estar mais branca, ou mais amarelada.

Principais causas para dentes amarelos

O cigarro

O cigarro é o grande vilão da nossa saúde em diversos aspectos, e é comum encontrá-lo como vilão também na estética. Os dentes amarelados são um aspecto comum em muitos fumantes. Além de ser causador de doenças como o câncer de boca, a nicotina e os metais pesados agridem gravemente o esmalte do dente, fixando na superfície e criando manchas escuras.

Se você é fumante e sonha em ter um sorriso branco, essa é mais um (de uma longa lista) de motivos para você parar de fumar!

Os alimentos com muito pigmento ou acidez

Alimentos bem pigmentados ou muito ácidos vão aos pouquinhos deixando nossos dentes mais amarelados. Em um mundo ideal deveríamos diminuir o consumo destes alimentos, mas se trata de uma lista bem generosa: café, sucos e refrigerantes escuros, vinho tinto, chá preto, molho de soja, vinagre balsâmico, ketchup, chocolate… entre outras delícias que dificilmente vamos conseguir deixar de lado.

Claro que até para o bem da nossa saúde, tudo isso deve ser comido e bebido  com moderação. Além disso, algumas medidas podem minimizar os danos causados pelos consumos de alguns destes alimentos.

Primeiramente, logo após a ingestão de alimentos com muito pigmento ou muita acidez, procure bochechar algum enxaguante bucal, escovar os dentes ou beber água, para retirar o excesso do pigmento. E sempre que você puder, use canudinhos (recicláveis) para bebidas escuras, pigmentadas ou ácidas.

Algumas medicações

Remédios como a tetraciclina e os antibióticos doxiciclina podem até escurecer os dentinhos de crianças menores de oito anos, ainda em formação. Já os antipsicóticos, anti-hipertensivos e anti-histamínicos podem manchar os dentes dos adultos.

Ao começar um tratamento, verifique os efeitos colaterais do medicamento e converse sobre isso com seu dentista, ou até mesmo com seu médico.

Genética

Sim, a genética é uma das causadoras do amarelamento dos dentes, apesar de ser a menos falada. Os hábitos e costumes de cada um tem grande influência sobre a cor dos dentes, porém doenças congênitas, como a dentinogênese ou amelogênese imperfeita, são capazes de provocar problemas no esmalte do dente, ou na própria dentina, deixando-os com a coloração amarelada, ou até marrom.

Má higiene bucal

Não é novidade que a falta de uma boa higiene bucal é causadora de quase todos os problemas bucais, assim como os dentes amarelados. Sem a escovação três vezes aos dias, os dentes podem ficar suscetíveis a perder o branco natural. E não é apenas sobre a quantidade de escovação, é também da qualidade.

Além do fio dental, é necessário higienizar a língua. Nela se forma uma camadinha branca chamada saburra, que é uma das principais responsáveis pelo mal hálito e contribui para o amarelamento dos dentes.

Como prevenir o amarelado dos dentes?

Não deixe de seguir todas as dicas que demos no texto, cuidado com os alimentos ácidos e muito pigmentados, evite o cigarro, sempre que puder use canudinho nas bebidas contraindicadas e cuide muito bem da higiene da sua boca. Mas uma última dica de ouro, que sempre aparece aqui porque é realmente importante: vá periodicamente ao dentista! Ele saberá melhor do que ninguém como te ajudar a manter seus dentes brancos, e principalmente saudáveis. Procure a Sorrix mais perto de você e faça das visitas ao dentista um hábito de autocuidado.


Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram